ASAS ACRÍLICAS

 

Não vá dizer que o Sol
Não vai queimar minhas asas acrílicas
Melhor pedir pra Lua
Pra iluminar essa trilha

Que vai levar
Por estrelas infinitas
Até te achar
Num planeta alienígena

Vou te salvar
Com minhas asas acrílicas
E te levar pruma praia escondida
No sul da Bahia

Não vá dizer que o mar
Vai recusar, receber minha diva
Melhor pedir pra Iemanjá
Nos escoltar, com uma tropa de Ondinas

E nos levar
Por profundezas infinitas
Até chegar a seu palácio
De contas e fitas

Vamos morar
Numa torre idílica
E nos deitar sob as ondas que quebram
No sul da Bahia

2016@FelipeLion